» » Mulher é morta com cinco facadas

Mais uma mulher foi brutalmente assassinada no Distrito Federal, neste fim de semana. Janaína Romão Lúcio, 30 anos, recebeu cinco facadas e chegou a ser socorrida com vida. O principal suspeito é o ex-companheiro dela, Stefanno Jesus Souza de Amorim, 21 anos. O casal tem duas filhas. 
O crime, tratado como feminicídio, ocorreu no Condomínio Porto Rico, em Santa Maria, quando ela foi buscar as filhas na casa do ex-companheiro, por volta das 18h de sábado (14/7). Um familiar informou à polícia ter encontrado Janaína e Stefanno discutindo por conta de ciúmes. Gravemente ferida, a vítima foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levada para o Hospital Regional de Santa Maria, onde morreu duas horas depois. 
Janaína trabalhava na Secretaria Nacional de Cidadania, do Ministério dos Direitos Humanos. Em sua descrição pessoal no Facebook, ela usava frases de efeito, geralmente positivas: "Se for pra ser, será. Se tá demorando, é porque o melhor ainda está por vir". Na mesma rede social, em 30 de junho, Stefanno postou um comentário em tom de ameaça: "Ae jana vc fica nessa dai evita minhas filhas de mim sabe q isso da ruim" (sic).  
Após esfaquear Janaína, Stefanno saiu correndo, sem camisa e descalço. A faca utilizada no crime ficou no lote. A 33ª Delegacia de Polícia (Santa Maria) investiga o caso. Até a última atualização desta reportagem, ele não havia sido preso.  

Nota de pesar
O Ministério dos Direitos Humanos divulgou nota de pesar, em nome do ministro, Gustavo Rocha, e manifestou repúdio aos crimes praticados contra as mulheres. "O ministro dos Direitos Humanos, Gustavo Rocha, lamenta profundamente o falecimento de Janaína Romão Lúcio, colaboradora da Secretaria Nacional de Cidadania. Em nome de todo o Ministério, compartilha do luto e manifesta sua solidariedade aos familiares e colegas de trabalho", descreve o texto.
"A polícia investiga a hipótese de feminicídio. O Ministro repudia com veemência a violência contra as mulheres e reforça a gravidade desta situação. O Ministério está em contato com a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal para acompanhar de perto as investigações do assassinato de Janaína", finaliza a nota.
O velório de Janaína está marcado para segunda-feira (16/7), às 12h, na capela 3 do Cemitério do Gama. O sepultamento, previsto para as 15h30.  
Feminicídio
Os números de violência contra mulher e feminicídios no Distrito Federal aumentaram de janeiro a março de 2018 em comparação com o mesmo período de 2017. Os episódios de violência passaram de 3.432 ocorrências para 3.789.  As mais frequentes foram violência psicológica, agressões físicas e violência patrimonial. 


Fonte: Correio Braziliense

Rádio Interativa

Só o Melhor da Musica Brasileira e Intenacional, 24 Horas no AR !!! A Rádio Interativa é uma emissora na Internet com 2 Anos no ar, localizada na cidade de Guajará-Mirim,Ro. sempre levando aos seus ouvintes uma programação. e atendendo a todos os gostos, com mensagens e pensamentos positivos para o seu dia a dia e programas prestadores de serviços, lazer, diversão e cultura. Nossa equipe é formada por voluntários que não medem esforços para levar até você uma programação diversificada, contagiante e fazer uma comunicação a serviço da vida.
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe uma resposta