Assunto chegou aos mais comentados do Twitter
Usuários do Twitter denunciaram, nesta quarta-feira (15), a presença de cartazes “Lula Livre” em meio às manifestações contra o contingenciamento de recursos na educação. O assunto gerou um debate tão grande, que o termo chegou aos mais comentados da rede social.



Mais cedo, o presidente Jair Bolsonaro também comentou os protestos e classificou os manifestantes de “idiotas úteis” e de “massa de manobra de uma minoria espertalhona que compõe o núcleo das universidades federais no Brasil”.

+ Ministro diz que culpa do bloqueio é de Dilma e Temer
+ Mourão: "Governo tem falhado na comunicação sobre o MEC"
+ Nos EUA, Bolsonaro chama manifestantes de idiotas úteis
O bloqueio dos recursos foi anunciado pelo Ministério da Educação (MEC) inicialmente com o valor de 30% do Orçamento. No entanto, Weintraub explicou que o número corresponde apenas à parte que pode ser bloqueada. Quando se fala sobre o valor total, a porcentagem cai para 3,5%.


Fonte:  Pleno.News