As comunidades da Vila da Penha e vicinais fecharam as duas pistas de acesso a Guajará Mirim e Acre.

As reivindicações são as mesmas de outras localidades que também fecharam a BR 364 (Extrema e Vila do DNIT).

Dessa vez os moradores da VILA DA PENHA, distante cerca de 260 Km de Porto Velho, afirmam que estão a mais de 15 meses sem aula, e que as estrada não recebem reparos a mais de quatro anos.

Eles também estão reivindicando segurança aos sitiantes que estão sendo assaltados quase todos os dias em suas próprias residências, e que estão em total abandono pelas autoridades do município e do estado.

Os manifestantes afirmam que vão ficar no local até uma solução definitiva das autoridades.

Fonte: Blog do Carlos Caldeira
Matéria em constante atualização*










Fonte: Mamoré Agora