Advogada é enganada após comprar terreno em invasão na Capital

Share:
 
Idaclecio B. L., foi preso na tarde desta sexta-feira (21) pelo crime de estelionato, após vender um terreno de outra pessoa, para uma advogada de 33 anos. O lote de terra fica localizado em uma invasão no Bairro Planalto II, na Zona Leste de Porto Velho.

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima contou aos policiais que pagou R$ 1.800 pelo terreno oferecido por Idaclecio. Eles chegaram a assinar um contrato de compra e venda no cartório (promitente comprador).

Ao tentar construir no local, a advogada acabou descobrindo que o criminoso não era proprietário da terra, e que o verdadeiro dono era um vizinho que mora a poucos metros de onde seria seu terreno.

Ao investigar, a vítima encontrou um anuncio de Idaclecio no aplicativo de compras OLX vendendo o mesmo terreno que ela tinha comprado por R$ 2.500. A advogada disse ainda, que conhece outras pessoas que compraram o mesmo terreno.

Os policiais conseguiram localizar Idaclecio, que foi detido.

Rádio Interativa FM