Base da operação se concentra em Porto Velho, mas aviões também atuam no Acre.


Duas piscinas foram montadas dentro do aeroporto Governador Jorge Teixeira em Porto Velho para abastecer os dois Hércules C-130 que são usados no combate às queimadas na Amazônia desde sábado (24). Cada um dos aviões pode transportar até 12 mil litros de água, além de produtos químicos.
Uma foto obtida pela Rede Amazônica, nesta terça-feira (27), mostra um Hércules ao lado de uma dessas piscinas infláveis.
Desde a segunda-feira (26), caminhões-pipa do Exército se revezam para levar água aos dois "piscinões".
Assim que o avião da Força Aérea Brasileira (FAB) pousa, os militares iniciam uma maratona para abastecer os Hércules o mais rápido possível. Além de Rondônia, os dois Hércules C130 estão combatendo queimadas no Acre.


GLO do fogo
A Operação das Forças Armadas em Rondônia tem o objetivo de cumprir a Garantia da Lei e da Ordem (GLO), assinada pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), na sexta-feira (23).
Em Rondônia, o Exército está oficialmente à frente da Operação Brasil Verde desde às 8h de segunda-feira. Como a operação Jequitibá, comandada pelo governo do estado, já havia começado na semana passada, a Força Aérea diz que os trabalhos estão mais adiantados do que em outros estados da Amazônia.

Fonte: G1