Uma equipe de servidores do quadro da saúde municipal foi recebida na manhã desta quarta-feira (25) pelo prefeito de Guajará-Mirim, Cicero Noronha (DEM), para discutirem os rumos da greve deflagrada pelo SINSAG - Sindicato dos Trabalhadores na Saúde do Município de Guajará-Mirim.

No encontro ficou acertado que na quinta, 26, amanhã, o Sindicato encaminha ao prefeito uma relação de nomes de servidores para composição da Mesa de Negociação que, além de servidores, será composta também por membro representativos do Poder Executivo Municipal.


Há mais de 48 horas parados, os servidores reivindicam implantação do PCCS dos servidores da Saúde, reaparelhamento dos vencimentos e melhores condições para executarem suas tarefas profissionais. A paralisação foi decidida em Assembléia Geral da categoria, e por tempo indeterminado e somente casos de urgência e emergência são atendidos no Hospital Regional Perpétuo Socorro de Guajará-Mirim e os Postos de Saúde funcionam somente com com 30% (trinta por cento) de seu pessoal.

Os servidores alegam ainda que há mais de 12 anos não têm nenhum realinhamento salarial encontram-se com os salários defasados e o tão sonhado e esperado PCCS nunca foi implantado, ainda que já tenha sido aprovado.

          












                 





Fonte: RADIO INTERATIVA DE GUAJARÁ-MIRIM.