O que estava ruim, vai ficar pior. A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) deve autorizar hoje mais uma proposta de aumento da tarifa de energia elétrica para Rondônia. O assunto é o terceiro item da pauta de hoje da 38ª Reunião Pública Ordinária da Diretoria em 2019, em Brasília. 
Se for aceito, uma nova revisão nas contas de energia deverá valer a partir do dia 13 de dezembro de 2019, ou seja, um ano após o aumento de 28% concedido em dezembro do ano passado. Não se sabe ainda qual o percentual do reajuste, mas qualquer revisão trará ainda mais consequências aos consumidores. 
No site da Aneel, as justificativas sobre a revisão tarifária é de deixar qualquer consumidor perplexo: “Os reajustes e revisão tarifária funcionam como medida de preservação do “equilíbrio econômico-financeiro do contrato”, e é definido como um mecanismo de atualização anual “para se restabelecer o poder de compra da concessionária”. 
Na pauta da Aneel, também está a votação da revisão tarifária para a energia eo Acre, onde a Energisa também enfrenta graves acusações e críticas por parte dos consumidores, igual ao que acontece em Rondônia. A revisão anual, mesmo que seja, prevista, é intempestiva, nas atuais circunstâncias. A empresa vem sofrendo uma enxurrada de denúncias de irregularidades na cobrança de tarifas abusivas nas contas de energia.



















Fonte: O OBSERVADOR
Postagem Anterior Próxima Postagem