A tragédia que abalou a cidade de Vilhena na noite deste sábado, 28 de Dezembro, deixou rastros de tristeza e desolou famílias após uma colisão frontal entre ônibus e carreta na BR-364.
Conforme apurado pela reportagem do jornal Rota Policial News, que acompanhou o acidente em detalhes o motorista Sérgio de Jesus Ferreira, dirigia a carreta pertencente a uma empresa de Ariquemes, tendo como passageiros, a esposa Morena Ferreira, a filho de 03 anos, ainda não identificado e o filho de 07 anos, por nome Adriel Ferreira, e transitavam pela BR-364 sentido a cidade de Vilhena, ocasião em que chovia forte na localidade.  Neste momento, o motorista de um carro de passeio  teria reduzido a velocidade, momento em que para não bater, Sérgio tentou tirar para o lado e frear, perdendo o controle da direção e invadindo a pista contrária, colidindo frontalmente contra o ônibus da empresa Bruna Tur.
Luiz Carlos Amaro, 51 anos, conhecido como “Bateria”, que era proprietário da Bruna Tur, em Comodoro/MT, e estava prestando serviços para empresa TransBrasil, havia parado na rodoviária de Vilhena/RO por volta das 18h30, onde os passageiros embarcaram para seguirem para Porto Velho/RO; sendo que outro motorista, por nome Ademar Valério de Oliveira,  52 anos, também estava na frente do ônibus, ao lado de Luiz, o qual mais para frente revezaria no trajeto. Eram por volta das 19h30 quando o ônibus foi atingido pelo caminhão, sendo que com a colisão, seis pessoas acabaram morrendo na hora, entre estes, a passageira do ônibus identificada como Maria Pereira da Costa, moradora de Vilhena/RO, que foi lançada para fora do ônibus, presa em um dos bancos.
No caso da carreta, somente o garoto por nome Adriel Ferreira, de 07 anos, sobreviveu, sendo encaminhado ao pronto-socorro do Hospital Regional pelo Corpo de Bombeiros Militares. 
Adriel estava viajando com o pai, a madrasta e a irmão quando se envolveu na tragédia. Ele passou por cirurgia neste momento e não corre risco de morte. Sua mãe, moradora de Castanheiras/MT, já esta vindo para Vilhena/RO onde deve ficar com o filho.
No ônibus haviam 34 pessoas, sendo que a tragédia deixou 25 feridos, seis mortos, sendo que destes, apenas quatro apresentaram fraturas.
Uma garota de 10 anos está em estado grave e na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), uma vez que ela teve de fazer cirurgia para retirar o baço e apresenta coágulos cerebrais e lesão no pulmão esquerdo. Os demais envolvidos no acidente sofreram somente escoriações.
Esforços do Corpo de Bombeiros, SEMUS, médicos e enfermeiros resultaram em ação eficaz às vítimas
A ocorrência mobilizou quatro equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) para garantia da segurança e resgate das vítimas, além de todas as equipes de resgate do Corpo de Bombeiros Militares, e ainda, diversas ambulâncias do Hospital Regional, equipadas com enfermeiros e técnicos de enfermagem.
Foi confirmado junto a Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS) que logo ao saberem da tragédia, foi mobilizada uma força-tarefa de profissionais de Saúde, que conta com 15 médicos, 30 enfermeiros e técnicos de enfermagem, bem como, diversas ambulâncias.
Até o momento, quatro pessoas, entre elas, o garoto Adriel, estão passando por cirurgia, dos quais três já passaram pelos procedimentos.
Os demais que deram entrada no pronto-socorro, segundo o secretário municipal de Saúde, Afonso Emerick, estão sendo atendidos e não apresentam risco de morte.
Do local da tragédia
A área foi liberada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) por volta das 02h10 da madrugada deste domingo e o trânsito fluiu normalmente.


PUBLICIDADE





PUBLICIDADE








Fonte: Alerta Rondonia 
Postagem Anterior Próxima Postagem