No meio da tarde desta quarta-feira (05) uma viatura policial foi chamada até Avenida Bolívia no bairro da Liberdade, onde um homem de 39 anos disse aos policiais que representantes da empresa Rondonorte que presta serviços à Energisa chegaram em sua residência dizendo que iam cortar o fornecimento de energia elétrica.

Os representantes da empresa informaram que as contas estavam atrasadas, e que já existia no talão um aviso de corte, e o homem questionou, dizendo que teria obrigatoriamente que ser notificado por escrito como cita a Lei estadual número 4659/2019.

Os funcionários da empresa Rondonorte entraram em contato com a Empresa Energisa e foram orientados a não fazer nenhuma declaração, e que era pra prosseguir o corte da Energia a qual fora realizada.

Diante dos fatos esta guarnição registrou o referido boletim de ocorrência e encaminhou ao comissário de plantão para providências que o caso requer. 

Fonte: Agora Guajará


Postagem Anterior Próxima Postagem