A Turquia sofreu perdas em confronto com forças sírias. "Estamos determinados a expulsar as forças do regime [exército governamental sírio] para fora dos postos de observação turcos até o fim de fevereiro, para isso vamos fazer tudo o que seja necessário tanto no ar como em terra", afirmou o presidente turco Recep Tayyip Erdogan.
"Em caso de ataque às nossas tropas, aplicaremos golpes contra as forças do regime em qualquer lugar, inclusive além das fronteiras definidas pelo memorando de Sochi", reforçou ele.
"Se desistimos de nossa luta na Síria, seremos obrigados a continuá-la já no nosso território", acrescentou o chefe de Estado turco, segundo o site Sputnik.
No ano passado, a Turquia ocupou parte do território sírio alegando ser uma ação necessária para combater o que considera terroristas curdos.
No ano passado, a Turquia ocupou parte do território sírio alegando ser uma ação necessária para combater o que considera terroristas curdos.

Fonte: Sputnik



Postagem Anterior Próxima Postagem