Ministro se manifestou por meio de uma rede social

Abraham Weintraub, ministro da Educação Foto: Reprodução

Neste sábado (25), o ministro da Educação, Abraham Weintraub, criticou o ex-ministro Sergio Moro. Ele se manifestou por meio de uma rede social.

Weintraub condenou a atitude de Moro, que expôs no Jornal Nacional trechos de conversas que teve com o presidente Jair Bolsonaro e com a deputada Carla Zambelli.

– Carla Zambelli errou na escolha de seus padrinhos? Não de todos! Também sou padrinho da Carla Zambelli e eu jamais faria isso com uma afilhada! Jamais trairia alguém que confiou em mim. Que estava tentando ajudar a todos – declarou.

Em sua publicação, ministro usou ainda a #FechadoComBolsonaro, reforçando seu apoio ao governo.

Em 14 de fevereiro, Moro foi um dos padrinhos de casamento da parlamentar com o diretor da Força Nacional, coronel Antônio Aginaldo de Oliveira.

Em outro tweet, Weintraub seguiu defendendo Zambelli, afirmando que ela apenas tentou evitar a saída de Moro.

– Estava tentando ajudar o padrinho dela, em quem confiava, a melhorar o diálogo com o Presidente. Fez isso ingenuamente e sem autorização, por gostar e confiar em Sérgio Moro – escreveu.

Abraham Weintraub criticou Sergio Moro Foto: Reprodução

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem