Militar fica no cargo até o presidente Jair Bolsonaro definir novo ocupante da chefia da pasta

General Eduardo Pazuello assume Ministério da Saúde de forma interina Foto: Agência Brasil/Valter Campanato

Após o agora ex-ministro da Saúde, Nelson Teich, deixar o cargo no fim da manhã desta sexta-feira (15), o comando da pasta federal passou de forma interina ao general Eduardo Pazuello.

O militar, que ocupa o cargo secretário-executivo da pasta desde o dia 22 de abril, despachará no comando do ministério até que o presidente Jair Bolsonaro defina um nome de forma oficial para a chefia da Saúde. Segundo o portal R7, o próprio Pazuello é um dos convidados para assumir o cargo.

Além do general, a oncologista Nise Yamaguchi surgiu como uma das candidatas a ocupar o posto. Ela se reuniu com o presidente Jair Bolsonaro após participar de um evento realizado no fim da manhã em Brasília.

CURRÍCULO DO GENERAL

No Exército, Pazuello comandou o 20° Batalhão Logístico Paraquedista e foi Diretor do Depósito Central de Munição, ambos no Rio de Janeiro. Em 2014, foi promovido a General-de-Brigada e, em 2018, a General de Divisão. Antes de assumir o cargo no Ministério da Saúde, ele exercia o comando da 12ª Região Militar, em Manaus.

Pazuello também atuou como Oficial General e foi Coordenador Logístico das Tropas do Exército Brasileiro empregadas nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio de Janeiro, em 2016.

Em 2018, ele coordenou a Operação Acolhida, ação que atuou em Roraima, recebendo imigrantes venezuelanos que fugiram para o Brasil para escapar da crise humanitária e política em seu país.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem