Maestro foi reconduzido ao cargo dois meses após ficar afastado da função

Dante Mantovani foi nomeado como presidente da Funarte

O maestro Dante Henrique Mantovani é de novo presidente da Funarte (Fundação Nacional de Artes). A nomeação de Mantovani foi publicada no Diário Oficial da União nesta terça-feira (5). Ele foi reconduzido ao cargo após dois meses afastado das funções.

Mantovani havia sido exonerado no mesmo dia em que Regina Duarte foi nomeada para comandar a Cultura do governo Jair Bolsonaro. Antes de assumir a pasta, a atriz já havia sinalizado que ele estaria fora de sua equipe.

O maestro havia sido nomeado na primeira vez no comando da Funarte pelo antecessor de Regina, Roberto Alvim. O ex-secretário de Cultura foi demitido após anunciar o lançamento de um prêmio cultural com um discurso semelhante ao feito por Joseph Goebbels, ministro de Propaganda da Alemanha nazista.

Mantovani foi alvo de polêmica, quando foi escolhido para o cargo, por afirmar em vídeos antigos que o “rock ativa a droga, que ativa o sexo, que ativa a indústria do aborto; e a indústria do aborto, por sua vez, alimenta uma coisa muito mais pesada, que é o satanismo”.

*Folhapress

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem