Torcidas organizadas de clubes paulistas lançaram pedras contra PMs

Tumulto em manifestação em São Paulo Foto: Reprodução

Um ato convocado por grupos contra o presidente Jair Bolsonaro na Avenida Paulista, cidade de São Paulo, registrou tumulto e confronto com policiais neste domingo (31).

Torcidas organizadas dos quatro grandes clubes de São Paulo (Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo) aderiram à manifestação e iniciaram uma briga generalizada em frente ao MASP.

Os manifestantes lançaram pedras sobre policiais, que jogaram bombas de efeito moral no grupo. A Polícia Militar criou um cordão humano para isolar manifestantes bolsonaristas dos torcedores, mas houve discussões entre os grupos e relatos de violência, e a Tropa de Choque da PM utilizou bombas de gás para dispersar os mais exaltados.

O ato deste domingo em São Paulo teve convocação também do deputado federal Alexandre Frota, que chegou a convocar o grupo conhecido como Antifas, que foi categorizado como terrorista pelo presidente Donald Trump, dos Estados Unidos.

Alexandre Frota convoca torcidas organizadas para ato em São Paulo Foto: Reprodução
O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) comentou sobre o assunto.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem