Jaques Wagner recebeu mais de R$ 10 milhões de propina

Jaques Wagner teve bens bloqueados pela Justiça Foto: Reprodução

Acusado de receber R$ 3,5 milhões da Odebrecht, o ex-governador e atual senador da Bahia, Jaques Wagner, teve seus bens bloqueados pela Justiça. A decisão do juiz da 7ª Vara da Fazenda Pública de Salvador, Glauco Dainese de Campos, obstruiu R$ 151,5 mil através de uma ação originada da Lava Jato.

Jaques, que é filiado ao PT, também recebeu R$ 6,8 milhões da construtura por intermédio da Cervejaria Petrópolis, em 2014. Em troca, ele acelerou o acordo para quitar débito com a Odebrecht e ajustou o contrato para a construção do estádio Nova Arena Fonte Nova.

– Os fatos narrados são de grande gravidade, uma vez que denotam terem decisões de governo sido praticadas sob a condição de realização de doação de campanha eleitoral com o objetivo de implementação de projeto eleitoral privado – disse o juiz que pretende garantir o ressarcimento dos cofres do estado em caso de condenação.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem