Quadrilha divulgou em conta no Twitter diversas informações como telefone e imóveis do presidente

A quadrilha de hackers Anonymous Brasil vazou na noite de segunda-feira (1°), dados pessoais do presidente Jair Bolsonaro, seus filhos Carlos e Eduardo, além de diversos apoiadores como o empresário Luciano Hang e a ativista Sara Winter. Os invasores publicaram as informações através do perfil deles no Twitter.

Entre os itens expostos apareceram números de telefone, documentos, endereços e dados sobre imóveis da família do presidente. Apesar de alguns desses dados já serem públicos por constarem no sistema do Tribunal Superior Eleitoral, os telefones, por exemplo, eram privados.

Além do presidente e dos filhos, entre as vítimas também apareceram os ministros da Educação, Abraham Weintraub, e da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves. Aliados do presidente como o deputado estadual Douglas Garcia (PSL-SP), o empresário Luciano Hang, e a ativista Sara Winter também foram alvos.

Pelas redes sociais, o vereador Carlos Bolsonaro se pronunciou sobre o fato e disse que os movimentos contra o governo justificam seus crimes sob a desculpa de “combater o mal”.

– A turma “pró-democracia” vazou meus dados pessoais e de outros na internet. Após vermos violações do direito à livre expressão, agora ferem a privacidade. Sob a desculpa de “combater o mal”, justificam seus crimes e fazem justamente aquilo que nos acusam, mas nunca provam! – escreveu.

O deputado Douglas Garcia, por sua vez, afirmou que iria na polícia para denunciar a invasão e exposição de seus dados pessoas na internet.

– Anonymous Brasil, de forma criminosa, acaba de divulgar todos os meus dados nas redes sociais. Para que colocar os meus familiares em risco? Para que divulgar o endereço de minha casa? Os lugares em que trabalhei? Estou indo agora mesmo na delegacia fazer um boletim de ocorrência – destacou.

A ativista Sara Winter, que teve seu site hackeado, afirmou que já conseguiu os dados dos responsáveis e que vai responsabilizá-los,

– Tem umas certas crianças que aprendem uns tutoriais no YouTube de como hackear um site, conseguiram. Mas…eu já sei quem foi a pessoa, e saiba de uma coisa: Eu vou atrás de você – completou.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem