Medida também vale para procedimentos de mudança física em transexuais

Presidente dos EUA, Donald Trump Foto: EFE/EPA/Kevin Dietsch

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, derrubou uma regulamentação imposta pelo ex-presidente Barack Obama cuja determinação obrigava os médicos a fazerem cirurgias de aborto em mulheres e procedimentos de mudanças físicas em transexuais.

Com a nova medida, os profissionais de saúde que recebem financiamento federal não são mais forçados, inclusive contra suas crenças, a cumprir tais atos.

Segundo movimentos conservadores, o governo Obama ultrapassou as liberdades individuais ao criar a regulamentação anterior.

– Sob o antigo regime de Obama, os profissionais médicos poderiam ter sido forçados a facilitar cirurgias de reatribuição de gênero e abortos, mesmo que acreditassem que isso fosse uma violação de sua consciência ou prejudicial ao paciente – disse Mary Beth Waddell, do Conselho de Pesquisa da Família Religiosa Conservadora.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem