Polícia suspeita de envolvimento da milícia

PM é morto em Campo Grande, no Rio de Janeiro Foto: Reprodução

Um sargento da Polícia Militar foi morto a tiros em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio, no último sábado (15). Câmeras de segurança registraram o crime. A polícia suspeita do envolvimento do policial com a milícia.

Nas imagens, é possível ver que Sylvio Pacheco Fontes, de 42 anos, estava conversando com homens em um carro prata. Após se afastar do veículo, um homem de camisa vermelha sai do carro e dispara pelas costas do policial, que cai no chão. Mesmo baleado, o militar saca sua arma e inicia uma troca de tiros com o criminoso. Neste momento, um outro homem sai do carro e também atira contra o sargento, que continua no chão.

A dupla entra no carro e foge e o policial consegue se levantar e pedir ajuda.


Sylvio chegou a ser levado para o Hospital Rocha Faria, também em Campo Grande, mas morreu após algumas horas. Ele foi atingido por cinco disparos.

Os atiradores também ficaram feridos e foram atendidos no Hospital Pedro II, em Santa Cruz, a cerca de 10 quilômetros de onde ocorreu o crime.

Ailton Gomes Pereira e Thiago Bras de Oliveira recebera voz de prisão no hospital e foram presos em flagrante.

Registros da Polícia Civil mostram que Sylvio já havia sido preso em flagrante e condenado por crimes relacionados à milícia.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem